Política científica

"Parece claro que a divisão do saber e o confinamento dos especialistas nas suas áreas de conhecimento constituem postulados - inconscientes ou não - de qualquer regime conservantista. [...] A política do compartimentismo (educação para educadores, economia para economistas etc.) se opõe simetricamente à política da mudança: esta última é de estimulação cumulativa, e a primeira, de desestimulação cumulativa." (DTM, Indicações para uma política da pesquisa da educação no Brasil, p. 488)